Verde dentro de casa

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Eliane de Souza

Sons da natureza. Foto: Divulgação

Levar o verde para dentro de casa é tendência em alta para os próximos anos. Quem vive em grandes metrópoles já conta com opções práticas e inovadoras para deixar a casa ainda mais bonita e aconchegante. Inspire-se com as ideias selecionadas pela Dia-a-Dia e crie jardins cheios de requinte entre quatro paredes.

Na varanda
A varanda gourmet das arquitetas Daniela e Pricilla de Barros conta com jardim vertical em duas paredes. A ambientação remete ao clima de área externa e propõe uma forma de relaxamento diferente na área por meio da adaptação de um painel de madeira com pequenos vasos para o bonito efeito de parede verde. A maioria dos projetos conta com sistema hidráulico automatizado.
 
Ecofashion
As arquitetas Camila Rosa e Juliana Valias projetaram o Lounge Boutique Hotel, na Casa Cor São Paulo, todo inspirado em tendências e fundamentos da moda. Os paineis têm nichos com vegetação. A ideia é trazer o aconchego proporcionado pelo verde para dentro de casa. A pegada fashion fica por conta das poltronas e cortinas em azul klein. Já os motivos étnicos, que estão em alta nesta estação, aparecem no tecido IKat – usado durante o século 19 como moeda na antiga Rota da Seda – e podem ser vistos em poltronas de acrílico. 
 
Sons da natureza
O Jardim das Estações de Sara Palamoni, Meire Lemes e Felipe Mascarenhas foi projetado para representar as quatro estações do ano em um mesmo ambiente. O destaque do projeto da Casa Cor é o jardim vertical de trandescantia zebrina e trandescantia abacaxi, com bicas d’água que fazem um barulhinho gostoso, que remete aos sons da natureza. Deques, pérgolas e estruturas foram construídos com madeira de reflorestamento. A automação da iluminação, das bombas d’água das fontes e do som ambiente foi projetada para economizar energia elétrica ao máximo.
 
Ecofashion. Foto: Divulgação
Relaxamento e bem-estar
A suíte Paulo Borges, em homenagem ao empresário criador da São Paulo Fashion Week, foi idealizada pela arquiteta Glaucya Taraskevicius, que priorizou cores sóbrias e o design nacional. Com 92 metros quadrados, o local foi dividido em quatro módulos: escritório, sala de estar, área de relaxamento com banheira e amplo quarto integrado ao toalete. A separação destes últimos é feita apenas por uma grande lâmina de vidro dual face posicionada em frente à cama, tendo sua outra face voltada para o chuveiro. Um jardim vertical humaniza o local de descanso, juntamente com a lareira ecológica localizada em frente à banheira.
 
Nem parece banco 
O arquiteto Daniel Kalil criou a Agência Bancária Conceito no maior evento de decoração do País para fazer com que a experiência de ir ao banco torne-se agradável. Para tanto, o profissional recorre a uma parede verde no ambiente, o que melhora a qualidade do ar e humaniza um espaço tradicionalmente frio e cinza. Além do visual clean, o banco dos sonhos do arquiteto tem tecnologias que permitem que o local se adapte aos clientes, reconhecendo cada um e apresentando as informações que o usuário deseja. 
Frescor
Os jardins não precisam se restringir à varanda, sala ou cozinha. O banheiro público feminino projetado no Jóquei Club de São Paulo pelas arquitetas Priscila Kurozwa e Daniela Mazironi ganhou colunas com espécies como samambaias e orquídeas em frente aos lavatórios, sob luz direcional. Resultado? Doses extras de frescor e requinte.
 

 




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2018. Todos os direitos reservados