Delivery de moda

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vanessa Soares

Empresário cria serviço de personal stylist delivery e clientes recebem looks inteiros no conforto do lar

Viver no mundo de hoje requer jogo de cintura. Tem dias em que as 24 horas parecem pouco para a lista de tarefas que precisam ser realizadas e dedicar um tempo para si mesmo, como comprar roupa nova, por exemplo, parece algo distante e privilégio para poucos. Pensando nisso, o empresário Alexandre Abrahão decidiu inovar com a UpperBag, serviço de personal stylist delivery. A equipe de reportagem da Dia-a-Dia Revista testou e a experiência provou que o serviço vale a pena. A ideia surgiu após Abrahão observar o problema de clientes com compras pela internet. “Você compra, mas nunca sabe se vai servir, se vai cair bem, se o tecido agrada. Então juntamos a experiência que já tínhamos com e-comerce”, explica.

Na prática, os clientes entram em contato por meio do site (www.upperbag.com.br), preenchem um formulário minucioso sobre o que mais gostam, tamanho, estilo, o que precisam, entre outras características. Após a finalização do cadastro, um personal stylist entra em contato por meio de um aplicativo de mensagens a fim de descobrir um pouco mais sobre as necessidades do cliente e pronto: uma mala com cerca de 30 itens de vestuário, acessórios e cosméticos chega no endereço informado alguns dias depois.

O que diferencia o serviço dos outros sites é a possibilidade de provar e escolher as peças em casa, sem pressa ou pressão de vendedores desesperados por comissão. O envio e recolhimento da mala não têm custo. Atualmente, o serviço atende consumidores de diversos Estados, entre eles São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná e Minas Gerais, além de Porto Alegre e Brasília. Para os consumidores de São Paulo e Região Metropolitana o envio não tem nenhum custo. Para as demais localidades, a taxa varia entre R$ 49 e R$ 99, mas é revertida em crédito para compra.

A Upperbag atende todas as faixas etárias, de crianças a idosos, homens e mulheres e dos mais variados perfis. Além disso, a marca também trabalha com o público plus size. A periodicidade do envio das malas quem decide é o próprio consumidor. Tem quem prefira uma bag mensal. Outros entram em contato quando necessitam de algo específico. Tudo funciona de acordo com a necessidade de cada cliente.

Abrahão garante que o retorno tem sido positivo. Prova disso é que atualmente a empresa envia cerca de 400 a 500 malas por mês e trabalha em média com mais de 130 marcas. “O resultado tem sido bem legal. O boca a boca é forte e temos muitos clientes recorrentes”, afirma.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados