Alimentação x próstata

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Nada assusta mais os homens do que falar sobre a próstata. Nem mesmo as doenças cardiovasculares, que matam milhões a cada ano. Os avanços da medicina têm ajudado no controle e na prevenção do câncer de próstata, considerado problema de saúde pública. Junto com a medicina está o auxílio da nutrição, fazendo com que o efeito de alguns alimentos aja na prevenção da doença.

O que temos hoje cientificamente comprovado é que uma dieta rica em vegetais e em carnes magras, pobre em gorduras saturadas (produtos de origem animal) e uma dose diária de vinho tinto diminuem o risco da hiperplasia benigna da próstata (o aumento da glândula). A alimentação com alto teor de gordura aumenta o risco em até 31%. O mecanismo de como essa prevenção acontece não é bem conhecido, mas sugere-se que as gorduras aumentam a resposta inflamatória, enquanto as fibras e os flavonoides diminuem a circulação dos hormônios estrógenos e andrógenos. Outros alimentos têm seus efeitos estudados. São eles:
 
- Gorduras: dentre as saudáveis estão as monoinsaturadas (azeite, óleo de canola), óleo de linho e o ômega 3 (encontrado no salmão). Há ainda as sementes oleaginosas, fontes de selênio, mineral muito estudado no controle de doenças da próstata. O carro- chefe desse grupo é a castanha-do-pará (recomenda-se uma unidade por dia).
 
- Soja: o consumo do grão beneficia e muito a saúde masculina. As isoflavonas contidas na soja retardam o crescimento de células cancerosas prostáticas. O consumo de soja deve ser regular.
 
- Tomate: nele há o licopeno, antioxidante associado à diminuição dos riscos de tumores, em especial os de próstata. Mas para conseguir essa ação os tomates devem estar cozidos e na forma de molhos.
 
- Vinho tinto: rico em flavonoides. Protege contra doenças cardíacas e previne o surgimento de tumores.
 
- Alho e cebola: contém compostos organossulfurados que diminuem a replicação de células cancerosas.
 
- Vegetais crucíferos: fazem parte o brócolis, a couve-flor, a couve e o repolho, que contêm sulfurfano e isocianatos, que inibem a ação de substâncias carcinogênicas.
- Semente de linhaça dourada: excelente fonte de ômega 3, que contribui para a prevenção do câncer da próstata. A recomendação diária é de 4 colheres (chá).
 
Selênio e Vitamina E: como medida preventiva, deve-se adotar uma dieta rica nesses dois micronutrientes. A vitamina E é encontrada em nozes, sementes como linhaça e gergelim, óleo de oliva e de canola. O Selênio, na castanha-do-pará, nos frutos do mar e na noz-pecã.
A alimentação é um dos fatores importantes no desenvolvimento de doenças. Não podemos dizer que seja a responsável pelas ocorrências de problemas na próstata, mas pode influenciar e aumentar as chances de ocorrências quando inadequada.
 
Alessandra Paula Nunes é nutricionista mestre em Ciências Aplicadas à Cardiologia; proprietária do Centro de Nutrição do Programa Holístico de Emagrecimento, e docente do Curso de Nutrição do Centro Universitário São Camilo

 


Publicidade
Galeria de Imagens


Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2015. Todos os direitos reservados