A roupa certa para trabalhar

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Renata Falcão

Imagine uma sala cheia de candidatos para uma vaga de emprego. A seleção começa e os pretendentes ao cargo vão sendo eliminados após diversas etapas - entre elas, avaliação de currículo, de experiências anteriores e conhecimentos técnicos. Ao fim da jornada, quando restam apenas duas pessoas para preencher a vaga, ocorre a entrevista. É neste momento que a imagem pessoal vai comunicar ao entrevistador muito do que ele precisa saber sobre o candidato. Ter cuidado com a aparência em situações como esta pode ser determinante para seu futuro. Este é um exemplo de situação onde não haverá outra chance de causar uma primeira impressão. No entanto, assim como a candidata a uma vaga de emprego deve se preocupar com sua identidade visual, aquela que já tem emprego estável e deseja uma mudança de cargo ou mesmo maior reconhecimento em seu trabalho deve se preocupar em manter a imagem alinhada com os propósitos da empresa. Por isso, vale conferir as dicas a seguir.

BLUSAS
Pele à mostra no ambiente corporativo não é bem vinda. Blusas muito curtas, ou muito justas, que sobem revelando a barriga, não podem ser opções nesse ambiente. Os decotes não devem ultrapassar a linha das axilas, principalmente para mulheres que tenham busto maior. 
 
SAIAS
Muito utilizadas no ambiente de trabalho, as saias também precisam de limite mínimo de comprimento: no máximo dois dedos acima dos joelhos. Mais curta do que isso pode transmitir vulgaridade. Atenção às fendas! Ao vestir uma saia com fenda, faça o teste da caminhada. Algumas fendas, principalmente as localizadas na parte de trás do corpo, se abrem e mostram mais do que o necessário quando a mulher caminha.
 
SAPATOS
Reserve as rasteirinhas para os momentos de lazer. Dedos de fora no ambiente de trabalho não traduzem profissionalismo. Portanto, opte por sapatos mais fechados, como scarpins, que são femininos e elegantes. Ou, dependendo do ambiente profissional, no máximo peep toes, que revelam somente a pontinha dos dedos. 
 
CABELOS
Procure mantê-los sob controle. Cabelos lavados, escovados ou presos deixam a aparência alinhada e transmitem organização. 
 
ACESSÓRIOS
Cuidado com o excesso de informação. Muitas pulseiras, brincos grandes ou colares chamativos podem desviar a atenção. Tenha em mente que em um ambiente onde sua competência e qualidades profissionais são importantes, nada deve aparecer mais do que você.
Por fim, lembre-se de que a preocupação e atenção que você dispõe à sua aparência refletem a atenção que dará às suas funções dentro de uma organização.
 
Renata Falcão é consultora de Imagem e Estilo, integrante da Aici (Association of Image Consultants International) e escreve artigos sobre estilo e comportamento no blog www.coisasdanata.com

 




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2019. Todos os direitos reservados